Responsabilidade Civil por Erro profissional

Responsabilidade Civil por Erro profissional

Todo indivíduo tem direito a vida – Artigo 5º da Constituição Federal e também no Artigo 3º da Declaração Universal de Direitos Humanos – ONU 1.948”.

A desumanização do atendimento na área médica e odontológica, a mercantilização nessas áreas e a crescente degradação da relação médico-paciente têm contribuído para o aumento expressivo dos erros médicos.

Nem sempre ocorre o emprego dos meios possíveis e adequados para que possam ser atingidos os melhores resultados nos procedimentos médicos. Quando o profissional age com imprudência, negligência ou imperícia surge o erro médico.

A partir do momento que foi comprovado um erro médico, e que este ocasionou seqüela ou até mesmo a morte, o paciente ou familiares próximos podem requerer na justiça uma indenização para o ressarcimento dos danos causados.

Diversas são as hipóteses de ocorrência do erro profissional, tais como: danos estéticos provenientes de cirurgia plástica reparado e embelezadora, omissão de socorro por médico, erro em exame de laboratório, esquecimento de compressas ou instrumentos no abdômen do paciente, falta de atendimento adequado na sala de parto, contaminação de sangue devido a transfusão de sangue contaminado, entre outros.

Almeida Dittrich Advogados Associados, presta assistência integral a vítimas de erro médico, em todas as fases processuais, tanto na aquisição de todos os documentos necessários, quanto no encaminhando do cliente a perícia médica especializada.